terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Falar inglês nunca foi tão importante no Brasil

Falar inglês nunca foi tão importante no Brasil. A Copa do Mundo de 2014 e a Olimpíada de 2016 devem gerar milhares de oportunidades no País nos próximos anos. Para garantir uma vaga, entretanto, é preciso estar preparado para atender turistas e empresários de todo o mundo.

Como os novos métodos de ensino e a internet já é possível estudar sem gastar.
Por enquanto 5% da população brasileira fala o idioma, segundo o Britsh Council Já o Índice de Proficiência em Inglês 2013 mostrou que os estudantes do Brasil até apresentaram melhora no domínio do inglês, mas ainda há muito a ser estudado por aqui. Nosso País subiu da 46ª para 38ª posição do ranking de 60 nações, mas integra o grupo com proficiência pouco desenvolvida. Suécia, Holanda e Noruega são países com mais habitantes aptos a falar inglês corretamente. Nossos vizinhos argentinos têm conhecimento moderado da língua e ocupam 19ª posição da lista.

Aumento no salário.
Falar inglês sem dificuldades pode representar uma diferença de salário de 18,51% a mais para assistentes e cargos operacionais. Já os supervisores fluentes em inglês recebem adicional de até 63,86% em relação aos funcionários que não dominam o idioma. Os dados são de uma pesquisa da Catho. Segundo a consultoria, mais de 80% das entrevistas em língua estrangeira são feitas em inglês, mas apenas 11% dos profissionais conseguem se comunicar sem dificuldades e só 3% falam fluentemente o idioma.

Estudar é grátis.
Com o aumento do acesso á internet no Brasil e o desenvolvimento de novos métodos de ensino, já é possível estudar inglês sem gastar nenhum centavo. Com uma dose de dedicação, paciência e a ajuda de amigos, o estudante pode aprender e ainda se divertir.

Dicas:  livemocha.com   Android.pt.babbel.com   sharedtalk.com

https://www.facebook.com/FolhaUniversal  Ed.1128




Nenhum comentário:

Postar um comentário