segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Só 5,4% das grandes empresas brasileiras têm mulheres em seus conselhos

O Brasil abriga pouco mais da metade, das 100 maiores empresas da América Latina. Porém, em  95% delas não há mulheres em seus conselhos de administração, segundo pesquisa feita pelo instituto de pesquisas Corporate Women Directors International (CWDI) na América Latina.

A região é, entre as áreas nas quais a pesquisa já foi feita, a que tem pior desempenho, com 5% de mulheres presentes nos conselhos das maiores empresas. A América Latina fica atrás da América do Norte (15%), da Europa (14%) e da região Ásia-Pacífico (7,1%). 

Entre os países da região, o Brasil só não perde para o Chile, onde só 3,4% das grandes empresas têm mulheres em seus conselhos. A Colômbia lidera o ranking, com 9,9%. Além de o percentual ser pequeno, ele é distorcido, já que 30% das conselheiras ocupam o cargo por fazerem parte das famílias donas dos negócios e não por serem profissionais de mercado.

Leia mais em:http://economia.ig.com.br/2012-10-22/so-54-das-grandes-empresas-brasileiras-tem-mulheres-em-seus-conselhos.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário