sábado, 7 de julho de 2012

Londres está a meio caminho de completar a maior ponte solar do mundo


Cidade concluiu ontem a instalação de metade dos 4,4 mil paineis fotovoltaicos que vão cobrir a centenária estação ferroviária Blackfriars, sobre o Rio Tâmisa

Ponte Blackfriars, em Londres

A estrutura vitoriana passa por um retrofit para se transformar em uma moderna estação de trem movida pela energia gerada por mais de 4 mil paineis fotovoltaicos. Ontem, foi concluída a instalação de metade da cobertura solar. Até o final deste ano, a estação deverá estar totalmente pronta e operante.
Ao final, serão seis mil metros quadrados de teto solar, o maior do mundo, capaz de produzir 900 mil kWh anualmente. A geração alternativa será suficiente para abastecer 50% da demanda energética da estação, o que vai evitar a emissão de 511 toneladas de CO2 na atmosfera.

Nenhum comentário:

Postar um comentário