quinta-feira, 12 de abril de 2012

Meritor e Suspensys investem R$ 85 milhões em Resende

Com investimentos anunciados de R$ 85 milhões no seu primeiro ano de produção e a perspectiva de gerar R$ 1 bilhão de faturamento e criar 700 empregos, as empresas Meritor e Suspensys lançaram ontem, no Parque de Fornecedores da MAN Latin America, no Polo Industrial, a pedra fundamental de suas futuras unidades no município. As instalações vão ocupar terreno de 100 mil metros quadrados.

A cerimônia de lançamento contou com a presença do presidente mundial da Meritor, Charles McClure; do presidente da Randon, David Abramo Randon; Sílvio Barros, diretor geral da Meritor para a América do Sul; Timothy Bowes, presidente mundial da divisão de caminhões Meritor; Erino Tonon, vice-presidente de operações da Randon; Adilson Dezoto, diretor de Produção e Logística da MAN Latin América, e o prefeito de Resende, José Rechuan (PP).

A comitiva empresarial seguia de São Paulo (SP), onde havia participado de uma reunião com Roberto Cortes, presidente da MAN Latin América, sobre o empreendimento e as expectativas do projeto. “O novo Parque de Fornecedores se soma a nosso investimento de R$ 1 bilhão entre os anos de 2012 e 2016 para ampliarmos as operações em território nacional. Além disso, estamos construindo no Sul Fluminense o futuro Centro Logístico de Vendas da montadora”, frisa Cortes. Os fornecedores contratarão 700 pessoas para suas novas operações no Sul Fluminense. Eles ficarão mais próximos da fábrica, facilitando todo o processo de pré-montagem, logística e distribuição de peças para a linha de montagem dos caminhões e ônibus Volkswagen, além dos novos caminhões extrapesados da marca MAN.

As empresas do novo polo trabalharão em dois turnos de produção. A Maxion será responsável pela montagem completa e fechamento de quadros de chassis; a Meritor cuidará da montagem completa de eixos com cubos, freios e tambores para incorporação nos veículos; e a Suspensys, que faz parte do Grupo Randon, terá responsabilidade na usinagem e montagem de cubos, tambores, freios e submontagem dos kits de suspensão. Meritor e Maxion já participam do processo de montagem interno da montadora sob o conceito de produção chamado Consórcio Modular.

“O parque de fornecedores otimiza a logística da montadora e o objetivo é nos preparar para uma futura expansão, liberando espaço e tirando um pouco das atividades que existentes dentro da fábrica para esse parque de fornecedores. Coisas que fazemos dentro de nossa operação passarão a ser feitas pelos nossos fornecedores. Além disso, eles trarão as operações que eles fazem nas matrizes para aqui, do lado da fábrica, otimizando o fluxo logístico. Fazendo aqui, pode acabar o produto aqui e em uma hora montar o produto no interior da fábrica. Uma modalidade de entrega sequenciada. Pretendemos ter o parque de fornecedores no primeiro trimestre de 2013, com o Grupo Randon, a Méritor e Maxion, que são três dos nossos principais fornecedores”, informa Adilson Dezoto, diretor de Produção e Logística da MAN Latin America.

fonte:http://www.avozdacidade.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário