sábado, 11 de fevereiro de 2012

Peugeot Citröen e Uerj firmam acordo de Cooperação Técnica


Formalizado: Telles e Sigot assinam acordo de cooperação técnica
 entre Peugeot e UERJ

Resende

A PSA Peugeot Citroën assinou na tarde de quinta (9 de fevereiro), no Centro de Produção de Porto Real, um acordo de Cooperação Técnica com a Uerj (Universidade Estadual do Rio de Janeiro). O objetivo do acordo é viabilizar parcerias em projetos de pesquisa e desenvolvimento, além da criação de cursos de extensão e aperfeiçoamentos ligados à área automotiva .

De acordo com Vieiralves (Reitor da UERJ), a Uerj depende radicalmente do desenvolvimento do estado do Rio de Janeiro e a criação de cursos que capacitem profissionais é muito importante para o estado. O reitor adiantou, inclusive, que para o próximo ano o Campus de Resende vai receber cursos de Engenharia Química e Engenharia Mecânica.

- O grande problema do estado do Rio atualmente é a ausência de recursos humanos. Estamos sendo assediados por várias empresas para tentar resolver essas questões, mas nós abrimos possibilidades para atuar em parceria tanto com empresas públicas quanto privadas, e isso é muito importante porque cerca de 95% da mão de obra técnica não está indo trabalhar como técnico, ou seja, a formação técnica do nosso país não está formando técnicos - revelou Vieiralves.

Já Sigot ressaltou que essa parceira representa uma nova etapa para a empresa.

- Eu estava no lançamento da fábrica há 14 anos. Numa primeira etapa, a ênfase era para a implantação; já numa segunda etapa, a ênfase foi para desenvolver a produção; agora estamos interessados no lançamento de novos produtos, sendo muitos desenvolvidos aqui no Brasil, e para isso precisamos de pessoas qualificadas e acreditamos que a Uerj é um parceiro de alto nível. - afirmou Sigot, ressaltando que a Peugeot Citroën tem interesse em desenvolver testes automobilísticos na região, tais como testes de emissões, de rodagens de veículos, de bancos, de durabilidade, de componentes, e até mesmo de novos materiais, mas para isso precisa de profissionais competentes na área de pesquisa, o que segundo ele, agora será possível ter através desse acordo e do desenvolvimento de pesquisas em parceira com a Uerj.

Leia mais: http://diariodovale.uol.com.br/noticias/

Nenhum comentário:

Postar um comentário