quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Aeroporto de Resende opera em março

A Trip Linhas Aéreas deve começar a operar em Resende até o fim de março. A informação é do secretário municipal de Indústria, Tecnologia e Serviços, Edgar Moreira. A linha planejada sai de Resende para Campinas, em São Paulo, onde haverá conexões para Belo Horizonte (MG), Brasília (DF) e Londrina (PR). De Campinas, o voo segue para Curitiba (PR), Dourados (MS) e Campo Grande (MS).

Os vôos deverão ser realizados de segunda a sexta-feira.

Em uma segunda etapa, Resende deverá também receber um voo vindo de São José dos Campos (SP), que seguirá para o Rio, Campos (RJ) e Vitória (ES). A volta será Vitória-Campos-Rio- Resende- São José dos Campos.

A Trip também pretende implantar um voo cargueiro entre Resende e Campinas. A perna Campinas-Resende já tem carga garantida e a empresa busca cargas para a volta. O material que seguir de Resende para Campinas poderá ser distribuído a todo o Brasil, via conexões.

Edgar Moreira destaca a importância da implantação dos vôos diários no Aeroporto Agulhas Negras como forma de incrementar ainda mais o desenvolvimento econômico de Resende não apenas no segmento industrial, mas também na área de turismo.


Segundo o secretário, as condições de segurança existentes no aeroporto situado em Resende foram aprovadas recentemente pela ANAC. A implantação da gestão de segurança implicou uma série de controles de acesso, que são essenciais para possibilitar a operação comercial.

Turismo
Com relação à importância dos vôos diários em Resende para o segmento turístico, o secretário de Indústria, Tecnologia e Serviços da Prefeitura de Resende declarou:

- A implantação da linha aérea vai contribuir diretamente para o desenvolvimento integrado proposto pelo Projeto Cercanias. Resende tem um potencial turístico de muito destaque no interior fluminense, assim como outros municípios integrantes do Projeto Cercanias, entre os quais Itatiaia, Itanhandu, Caxambu e as cidades do vale do café no Estado de São Paulo. Entendemos, portanto, que a linha aérea vai representar uma conquista de importância primordial para o incremento também deste setor - disse Edgar.

Lançado em julho de 2009, através de um movimento iniciado sob a coordenação da Prefeitura de Resende, o Cercanias é formado por 15 cidades limítrofes dos estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais. Por meio deste projeto, são realizadas ações integradas de desenvolvimento nas áreas de saúde, turismo, educação, crescimento econômico e cultura, entre outros segmentos.
Segurança
A Prefeitura cumpriu hoje mais uma etapa das exigências voltadas à implantação de uma linha aérea diária, no Aeroporto Agulhas Negras: o encaminhamento à ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) de informações solicitadas por esta instituição do Governo Federal a respeito da infra-estrutura do aeroporto localizado em Resende, como condições da pista para pouso e decolagens, sistema de iluminação, área para acomodação de passageiros e setor destinado à realização de vistorias.


Leia mais: http://diariodovale.uol.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário